FECHAR

Imprimir
Publicado em 15/05/2018

53,5% das famílias estão endividadas (DCI)

Em abril, a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), registrou que 53,5% das famílias na cidade de São Paulo possuíam alguma dívida, queda de 1,1 ponto porcentual (p.p.) em relação a março (54,6%).

Contudo, está 0,6 p.p. acima do apresentado no mesmo mês do ano passado (52,9%). Em termos absolutos, são 2,08 milhões de famílias paulistanas endividadas, 38,4 mil a mais do que no ano passado. Desse total, 9,1% admitem que não terão condições de pagar as dívidas e ficarão inadimplentes, a maior proporção para um mês de abril desde 2004.

A taxa de inadimplência – famílias que não conseguiram quitar suas dívidas na data do vencimento – ficou tecnicamente estável, passando de 19,3% em março para 19,4% em abril, o que significa que 754,5 mil famílias estão nessa situação.

Segundo a assessoria econômica da FecomercioSP, há um ano, o porcentual era de 18,7%, ou seja, houve um aumento de 33,1 mil famílias inadimplentes nesse período. A parte mais significativa do atraso (50,7%) é de um período superior a 90 dias. E 24,9% estão com tempo de pagamento de até 30 dias.

Os economistas da entidade ressaltam que não há riscos de perda de controle da inadimplência, uma vez que o sistema financeiro capta possíveis movimentos de descontrole e aumenta a seletividade do crédito.

Os dados do Banco Central mostram uma elevação da taxa média de juros no primeiro bimestre, com aumento do spread. As taxas são inferiores às do ano passado, mas podem indicar que a retomada da economia não esteja no ritmo esperado.

Video institucional

Fotos dos Eventos

Sobre o Sinfac-SP

O SINFAC-SP está localizado na
Rua Libero Badaró, 425 conj. 183, Centro, São Paulo, SP.
Atendemos de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.