FECHAR

Imprimir
Publicado em 08/11/2018

77% das famílias endividadas devem ao cartão de crédito, mostra CNC (G1)

O brasileiro continua pagando muito caro pelas suas dívidas. Segundo pesquisa da Confederação Nacional do Comércio (CNC), 77,4% das famílias endividadas têm dívidas na modalidade de crédito com as taxas de juros entre as mais altas do mercado: o cartão de crédito. Dados do Banco Central mostram que os juros médios do cartão ficaram em 278% ao ano em outubro.

Os carnês aparecem em segundo lugar como o principal tipo de dívida, mencionado por 14,5% dos endividados, seguido pelo financiamento de carro, com 10,1%.

Tipos de dívidas das famílias — Foto: CNC/Reprodução

O peso do cartão de crédito é maior entre as famílias com renda de até dez salários mínimos: entre esse grupo, 78,3% dos endividados declararam ter esse tipo de dívida. Entre os que recebem mais de dez salários, a taxa cai para 73,9%.

De acordo com a CNC, a proporção de famílias com dívidas ficou estável na passagem de setembro para outubro, em 60,7%. Já o percentual dos que têm contas em atraso recuou de 23,8% para 23,5%.

Também ficou estável, em 9,9%, o percentual das famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso.

A proporção das famílias que se declararam muito endividadas diminuiu em relação a setembro, passando de 13,3% para 12,9% do total de entrevistadas. Houve queda também na fatia dos que se declararam mais ou menos endividados, de 23,8% em setembro para 23,5% no mês passado. Já os pouco endividados passaram de 23,5% para 24,4%.

A Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic Nacional) é apurada mensalmente pela CNC. Os dados são coletados em todas as capitais dos Estados e no Distrito Federal, com cerca de 18 mil consumidores.

Video institucional

Fotos dos Eventos

Sobre o Sinfac-SP

O SINFAC-SP está localizado na
Rua Libero Badaró, 425 conj. 183, Centro, São Paulo, SP.
Atendemos de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.