FECHAR

Imprimir
Publicado em 07/06/2018

EMPRESÁRIO PRECISA DE NOVA VISÃO SOBRE A CONTABILIDADE

Este foi o principal ponto de vista defendido na última terça-feira (05/06) pelo consultor contábil do SINFAC-SP, Marco Antonio Granado, ao ministrar, na sede do Sindicato, o curso “Contabilidade de Factoring”.

No seu entender, todo empreendedor do setor precisa contar com o devido respaldo e conhecimento da área, “pois quase sempre ainda milita em sua operação de maneira muito periférica, sem a visão de como deve proceder nesse campo”, justificou.

Em meio à filosofia atual e ao rigor da Receita Federal e dos demais órgãos públicos, as informações exigidas de empresas como as factorings, obrigatoriamente enquadradas no lucro real, são monstruosas.

“Diante disso, assim que se identifique algum desvio no dia a dia da empresa, o problema deve ser corrigido. É o caso de se estar trabalhando com um plano de contas muito enxuto, sem contemplar todas as operações realizadas, ou então haver títulos de crédito lançados de forma sintética ao invés de analítica, como seria desejável”, exemplificou o contador.

A primeira causa de ocorrências assim ele atribui a determinadas falhas no assessoramento prestado pelas empresas e profissionais da área, problema que “acaba induzindo o gestor a perder o interesse e simplesmente deixar a contabilidade em segundo plano”, acrescentou.

No fundo, Granado identifica a existência de um autêntico círculo vicioso onde, de um lado, a contabilidade pode se acomodar quando o empresário não valoriza esse aspecto, muitas vezes para se eximir do desenvolvimento de certas implementações que possam gerar mais trabalho, investimento e custos.

Por essas e outras, o especialista enxerga no trabalho desenvolvido em conjunto com o SINFAC-SP uma verdadeira missão, “ao colaborar para a reversão desse quadro e mostrar que a contabilidade bem realizada é um fator importante, obrigatório e que só tende a trazer benefícios para o negócio”, concluiu.

Na prática

Contador há nove anos, o proprietário da Taveira Contabilidade – empresa de Guarulhos criada em 2015 e que está se especializando no atendimento ao fomento comercial – já trabalhou em factoring e também numa contabilidade focada no setor.

Toda essa experiência levou Gustavo Taveira Vilela a encarar o segmento com uma visão empreendedora, por se tratar de atividade sólida, principalmente para a contabilidade, “onde a gente não tem tanta preocupação, pois são empresas estáveis financeiramente”, argumentou.

Sua iniciativa de participar do curso no Sindicato deveu-se à busca de atualização, tanto para prestar um serviço melhor ao cliente da área que já possui e se preparar melhor pensando naqueles que ainda pretende angariar.

“Está sendo muito bom. Na realidade, um pouco acima da média, porque a gente fica buscando sempre se aprofundar, principalmente no campo tributário, mas como o foco de hoje é a parte contábil, está excelente, certamente vai agregar bastante”, avalia.

Impressão semelhante teve Edilene Martins Morais, contadora formada em 2011 e que trabalha na Gerência Contabilidade, empresa localizada no bairro paulistano do Moinho Velho que já atende algumas factorings, nicho onde espera intensificar a atuação.

“Por isso nós estamos nos especializando um pouco mais nessa área, onde há diferentes entendimentos em matéria de contabilização”, explicou a profissional, ao justificar sua presença num curso que definiu como muito proveitoso. “Várias providências a gente já põe em prática no dia a dia, mas é sempre bom trocar ideias sobre como as coisas devem ser feitas”, reconheceu.

Fonte: Reperkut

Video institucional

Fotos dos Eventos

Sobre o Sinfac-SP

O SINFAC-SP está localizado na
Rua Libero Badaró, 425 conj. 183, Centro, São Paulo, SP.
Atendemos de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.