FECHAR

Imprimir
Publicado em 26/06/2018

FINTECHS SÃO NOVAMENTE VISITADAS PELO FOMENTO COMERCIAL

Um grupo de 14 pessoas, representantes de factorings e empresas de securitização, participou na última quinta-feira (21/06) do “2º Tour de Empresários do Fomento para Conhecer as Fintechs”, atividade realizada em período integral pelo SINFAC-SP.

O Sindicato levou a comitiva a quatro anfitriãs: TrustHub, Antecipa Fácil, Grupo Gaia (foto acima) e Firgun, as duas primeiras ligadas à antecipação de recebíveis e as demais enfatizando, respectivamente, recursos humanos e microcrédito.

Na TrustHub, por exemplo, todos souberam como opera essa empresa ligada ao sintetic bank SRM, organização originária do setor têxtil que teve como marco inicial o lançamento, em 1999, do primeiro FIDC multissacado e multicedente do país.

Trata-se, portanto, de uma startup nascida com o respaldo de 20 anos de história bem-sucedida, tendo como foco a antecipação de recebíveis com todas as etapas do processo realizadas por atendimento totalmente eletrônico, via site.

“Nossa ideia é captar dinheiro barato e vendê-lo com lucro”, resumiu o gerente de produtos Rodrigo Thedim, frisando ainda que, mesmo chegando onde os bancos não alcançam, a TrustHub (foto acima) registra um baixíssimo índice de inadimplência.

Com 6 mil clientes, 30 funcionários e 20 filiais, “atuando do Mato Grosso para baixo”, a empresa está prestes a lançar também adquirência, e além do diferencial de permitir ao cliente resolver sozinho seu problema financeiro, orgulha-se pelo fato de todos os sistemas que utiliza terem sido desenvolvidos internamente.

A segunda visita do dia envolveu a Antecipa Fácil (foto acima), projeto criado há dois anos, oficialmente implantado seis meses atrás, voltado à intermediação eletrônica entre empresas desejosas em tomar crédito e as de fomento comercial, sejam elas factorings, securitizadoras ou FIDCs.

O sistema também atua no campo da análise de crédito, já estando 95% informatizado para determinar o porcentual de risco e o histórico documental do cedente, o que inclui uma visita virtual realizada por WhatsApp.

“Tudo isso mediante a cobrança de 0,5% ao mês sobre o valor de face da operação”, explicou o sócio e cofundador da empresa, Elber Laranja, frisando que o emprego de tecnologia é a melhor forma de se reduzirem custos.

Segundo ele, esse é um dos motivos para a Antecipa Fácil vir registrando resultados animadores num curto espaço de tempo. Já são 41 cedentes aptos a operar na plataforma e 19 factorings parceiras. “Em cinco anos, projetamos estar com 800 empresas de fomento comercial e pelo menos 80 mil cedentes”, afirmou o empresário, para quem o setor só tem a ganhar com isso. “Sobretudo, em produtividade e canal de atração”, assegurou.

O próximo passo da programação seria uma passagem pelo Grupo Gaia, para ver de perto como o jovem empresário e escritor João Paulo Pacífico colocou em prática nessa fintech um ambicioso plano de RH para assegurar a satisfação e o crescimento constante dos seus colaboradores.

Por fim, todos puderam conhecer melhor o Firgun (foto acima), marketplace criado em setembro do ano passado para a concessão de microcrédito a pequenos empreendedores, sem burocracia e sempre a juros módicos, com a captação de recursos por meio de investimentos destinados aos mais diferentes projetos.

Repercussão

Os dois segmentos alcançados pela iniciativa deixaram a nítida impressão de ter ficado com um gostinho de quero mais, ao comentar a segunda edição do tour.

“Levou todos nós, do fomento, a ter uma visão diferente sobre outros modelos de negócio a serem explorados e abrindo nossa mente para o que está acontecendo por aí”, refletiu Daniel Francisco Goulart, da Valecred, de Tatuí.

Rodrigo Thedim, da TrustHub, também considerou bastante produtivo o encontro. “A gente está num momento de mostrar para o mercado o que vem fazendo”, disse ele, reconhecendo a importância de, pela primeira vez, ter recebido o fomento comercial em sua sede.

Outro visitado do dia teve impressão semelhante. “Existe muita liga entre ambos os setores, estamos precisando um do outro. Juntos nós ficamos mais fortes para ir ao mercado”, analisou Elber Laranja, da Antecipa Fácil, dizendo-se entusiasmado com a receptividade demonstrada por todos os participantes.

Para Elber France, da Nova Factoring, de Campinas, foi um forte atrativo a programação mesclar empresas com foco social a outras que investem maciçamente em tecnologia. “São coisas que fogem da nossa rotina do dia a dia, e por isso se tornam tão interessantes. Eu certamente viria numa próxima”, reconheceu.

Opinião semelhante é a de Maria Imaculada Marques Nogueira, da paulistana Setinvest, franqueada da Federal Invest. Mais conhecida no mercado como Mac, ela definiu o dia como muito produtivo, “no qual a gente viu dois mundos, um focado em dinheiro, exclusivamente, e outro no social, achei fantástico, para mim valeu muito”.

O sócio da Coinvest Capital também gostou bastante do que viu. “Foi importante para conhecer outras empresas e outros empresários, trocar ideias e ver mais de perto como o setor financeiro, de uma forma geral, está se envolvendo com a tecnologia”, analisou Eduardo Cancian.

Fonte: Reperkut

Video institucional

Fotos dos Eventos

Sobre o Sinfac-SP

O SINFAC-SP está localizado na
Rua Libero Badaró, 425 conj. 183, Centro, São Paulo, SP.
Atendemos de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.