FECHAR

Imprimir
Publicado em 12/12/2017

JANTAR DO SINFAC-SP REÚNE SETOR EM MOMENTO DE FESTA E REFLEXÃO

Com a presença de mais de 200 pessoas, entre empresários do fomento comercial, lideranças políticas e dirigentes de entidades parceiras, o Sindicato realizou, na última sexta-feira (08/12), seu tradicional encontro de fim de ano.

Além do clima de confraternização típico do evento, vieram à tona as principais vitórias do segmento, após mais um período de lutas e reivindicações, sobretudo junto ao Poder Legislativo.

Também mereceram destaque os desafios a ser enfrentados em 2018, primeiro exercício sob a égide da reforma trabalhista, que tornou facultativo o recolhimento da Contribuição Sindical.


Hamilton de Brito Junior

Para a continuidade da representação perante os poderes constituídos – trabalho realizado desde a conquista da carta sindical, dez anos atrás – o presidente do SINFAC-SP, Hamilton de Brito Junior (Credere Consultoria e Fomento Mercantil), frisou a importância de o setor permanecer apoiando o seu Sindicato.

“Assim como fez hoje, ao comparecer aqui em grande número”, exemplificou, aludindo ao fato de ter sido a primeira festa com a venda de convites, mudança adotada em decorrência dos novos tempos que se avizinham.


Guilherme Campos

O ex-deputado e atual presidente dos Correios, Guilherme Campos, manifestou opinião semelhante. “Quando o serviço é bem prestado ele é reconhecido. O trabalho do SINFAC-SP é fundamental para a categoria. Se os representantes de um segmento não levam ao Legislativo suas demandas, elas se perdem em meio a tantas outras que chegam às casas de leis. Por isso, é essencial a participação do setor para que continue sendo feita essa importante atuação”, afirmou.

“Caminhando e semeando terás o que colher”, resumiu em seguida a deputada Célia Leão, fazendo referência a trecho da obra de Cora Coralina. “Não se preocupem, as pessoas vão reconhecer o trabalho desta Diretoria e saber que isso é fundamental para fazer o SINFAC-SP continuar sendo o que é”, disse a parlamentar em seu pronunciamento.


O presidente Hamilton de Brito Junior, a esposa Mara Rosas e a gerente administrativo financeiro Cristina Engels Rodrigues com a deputada Célia Leão, homenageada com flores pelo Sindicato

Pouco depois ela se emocionaria ao ser homenageada pelo trabalho desenvolvido na Assembleia Legislativa de São Paulo em favor da lei que eliminou a exigência do AR (Aviso de Recebimento) nas negativações de devedores, pleito vencedor encaminhado pelo Sindicato e entidades como a Associação Comercial de São Paulo.

Balanço e perspectivas

Na análise do presidente Hamilton, 2017 foi um ano muito bom para o Sindicato, com o segmento cada vez mais consolidado institucionalmente. “Tivemos aquele evento maravilhoso, no STF, promovido pela ANFAC, com a Suprema Corte reconhecendo a nossa atividade”, lembrou.

Contudo, ele considera ter sido um ano mais difícil para o mercado, “porque o nosso cliente, com a crise, está vendendo menos, o que reduz o número de títulos a negociar. Diante disso, e do aumento da concorrência exercida pelos FIDCs, as taxas foram caindo”, constata o empresário.

A contrapartida dessa perda de lucratividade, segundo Hamilton, tem sido um volume crescente de empresas procurando as factorings, “por serem uma alternativa com a qual elas podem contar e, em muitos casos, até mais barata que os bancos”.

Com relação a 2018, o presidente do Sindicato espera “um ano fantástico”, principalmente caso ocorra a consolidação dos principais indicadores econômicos e a aprovação da reforma da Previdência, “que embora não resolva todos os problemas, sinaliza para o mercado que as coisas podem melhorar”, ponderou.


Arnaldo Faria de Sá

Igualmente positivas são as perspectivas do deputado federal Arnaldo Faria de Sá. Apesar de toda a crise, ele comemora o fato de a situação econômica ter se descolado da política. “A inflação está caindo, a expectativa de melhora do PIB é real e, com certeza, teremos a oportunidade de ingressar num novo contexto”, prevê.

A exemplo das reformas, o parlamentar acredita que vai ajudar o país o bom desempenho do agronegócio, que ele lamenta não vir recebendo o devido valor da sociedade brasileira. “Com o incremento do fomento comercial, o setor pode representar uma retomada do crescimento muito grande”, analisou.


Walter Ihoshi

Seu colega de câmara federal, Walter Ihoshi, também acredita em dias melhores, principalmente para as micro e pequenas empresas. Essa expectativa inclui o fato de várias sugestões do SINFAC-SP relacionadas ao Simples Nacional terem sido bem recebidas pelo relator do projeto, deputado Otavio Leite, em recente encontro no qual ele acompanhou o presidente Hamilton.

Com isso, o parlamentar vê ampliadas as condições para que o fomento comercial continue dando às MPEs a oportunidade de terem acesso ao crédito, “algo que não conseguem junto às instituições financeiras”.

Percepção semelhante é a do presidente da ANFAC, Luiz Lemos Leite. “Em 2017, com todos os problemas, nós conseguimos realizar muitas coisas, ocupando uma lacuna deixada pelos bancos. Por isso eu acho que 2018 tem tudo para ser um grande ano para nós”, justificou.

Na análise do consultor jurídico do SINFAC-SP, Alexandre Fuchs das Neves, 2018 será mesmo de muito trabalho, após um 2017 marcado por cerca de 300 consultas recebidas, entre atendimentos presenciais e por e-mail. “Esse número é um recorde e demonstra que o Sindicato não está parado no tempo, continua sempre olhando para a frente, em busca de novas alternativas, novos mercados e serviços para o seu associado”.

Marcaram presença ainda no jantar entidades parceiras como o Sindicato dos Contabilistas de São Paulo (SINDCONT-SP) e a Central Brasileira do Setor de Serviços (CEBRASSE), por intermédio de seus respectivos presidentes, Antonio Eugenio Cecchinato e João Batista Diniz.

A FECOMERCIOSP, por sua vez, foi representada pelo coordenador da Coordenadoria Sindical da Capital, Renato Giannini, e pelo presidente da Comissão de Serviços, José Carlos Larocca.

Entre as empresas parceiras do fomento comercial compareceram as patrocinadoras do encontro: CRDC, iDtrust, MSys, Order By, Ouro Preto, Tercon e WBA.

CONFIRA AQUI AS FOTOS DA FESTA:

GALERIA 1

GALERIA 2

ASSISTA AQUI À VIDEORREPORTAGEM SOBRE O JANTAR

Fonte: Reperkut

Video institucional

Cursos e Eventos

Saiba mais

Fotos dos Eventos

Sobre o Sinfac-SP

O SINFAC-SP está localizado na
Rua Libero Badaró, 425 conj. 183, Centro, São Paulo, SP.
Atendemos de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.